Ilha de Malta, será que vale a pena conhecer?


Será que vale a pena conhecer a Ilha de Malta?

Conhecida também como República de Malta, é um país localizado no sul do continente europeu, mais precisamente no Mar Mediterrâneo – visto que é geograficamente classificado como um arquipélago. Apesar de sempre ser confundido com um distrito italiano, devido à sua proximidade com o país e cultura muito similar, Malta foi uma região dominada e governada pelo Reino Unido até meados de 1970 e, por isso, até hoje a sua língua oficial é o inglês – juntamente com o Maltês, falado por toda a população local.

Hoje Malta é um país independente e, felizmente, membro da União Europeia desde 2004 – o que facilitou a chegada e interesse de turistas e empresas ao país.

Se você tem pesquisado Malta como um dos destinos europeus para estudar inglês ou turistar, esse artigo vai lhe ajudar a conferir tudo que você precisa saber sobre esse local. Confira!

Um país, cinco ilhas

Como afirmamos na introdução desse artigo, Malta é um país-arquipélago, formado por cinco ilhas: a Ilha de Malta, Ilha de Gozo, Ilha de Comino, Ilha de Cominotto e Ilha de Filfla. Cada uma dessas ilhas contém características específicas, que são exploradas pelos turistas que visitam o país, como também pelos moradores locais.

A principal ilha, onde também se localiza a capital do país, é a de Malta, entretanto, também é possível encontrar muita cultura e diversão em Gozo e turistar por Comino, Cominotto e Filfla.

Como chegar em Malta?

Infelizmente, não há voos diretos do Brasil para Malta. Dessa forma, para chegar na Ilha de Malta, você provavelmente fará uma escala em algum país europeu, como França ou Itália.

Outra opção para chegar na Ilha é ir de Barco da Itália, pois a Ilha de Malta fica a cerca de 90 quilômetros da Sicília. O barco sai de Salerma, na Itália, com destino à capital da Ilha. Porém, esse tipo de transporte não é tão indicado, pois você levará mais de um dia para chegar em Malta.

Cultura rica 

Tudo sobre ilha de Malta

Uma das principais características da República de Malta é sua rica cultura local, que é um reflexo das influências italianas e inglesas no país. É por isso, inclusive, que você vai observar por lá várias tradições similares às encontradas nesses dois países – e que são inclusive muito respeitadas pelo povo local. A gastronomia maltesa é uma parte importante dessa influência cultural dos dois países e, sem sombra de dúvidas, você vai adorar saboreá-la por lá.

Falando em cultura, a capital Valletta é a terra da cultura no país, onde você vai poder encontrar não somente as arquiteturas históricas, como também muita música, comida, tradição e tudo que você precisa para mergulhar de cabeça no que é ser um verdadeiro Maltês.

Não poderíamos falar de Malta também sem lembrar que lá é o país das baladas e, por isso, quem não perde a oportunidade de curtir uma boa noite de diversão, música, bebidas e gente bonita, precisa ir à Malta.

Terra das festas

Para quem gosta de se divertir, Malta não é apenas a terra das baladas intermináveis que var
rem toda a madrugada. Lá também é a terra das
mais diferentes festas tradicionais, que variam desde festivais de música e cultura local, como também as festas de rua que celebram algum feriado ou símbolo tradicional do país. Sem sombra de dúvidas, quando você estiver visitando Malta, vai ter a oportunidade de curtir alguns desses eventos tradicionais.

Imperdível para os turistas

Malta é também uma terra riquíssima e imperdível para os turistas. Além da proximidade com o continente Europeu – que já entrega bastante charme para a região – Malta é uma terra com uma arquitetura imperdível, mas também com um incrível visual natural para não deixar de usufruir.

Suas praias, de água azul impecável, contrastam bem com o visual antigo das construções locais. Para quem pretende explorar bem o arquipélago, muita beleza natural, como os rochedos e as matas não exploradas das ilhas menores, podem produzir um visual de tirar o fôlego e vai adorar tudo sobre ilha de Malta.

A seguir confira algumas sugestões para você turistar na Ilha de Malta:

Blue Lagoon

Essa com certeza será uma das praias mais lindas que você verá em toda sua vida. Blue Lagoon é uma praia de águas cristalinas e sem ondas formada entre rochas. Blue Lagoon fica localizada na ilha de Comino e pode ser acessada somente através de barcos.

Esta atração é, de longe, a mais popular de Malta, e não era de se esperar menos. O local é realmente muito bonito e é imperdível durante sua visita na Ilha de Malta.

Valletta

Capital da Ilha de Malta, Valletta é um local que respira história. Exatamente por isso, é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Por lá, você encontrará construções históricas, muita cultura e paisagens de tirar o fôlego. Quando estiver em Valletta, não deixe de visitar os pontos turísticos mais famosos, como:

  • Palácio do Grão Mestre: construção histórica, hoje abriga o escritório do presidente da Ilha de Malta. Mesmo assim, está aberto á visitação e é um ótimo passeio.
  • Rua do Comércio e da República: se você é daqueles que ama comprar, essas são as ruas ideais para você. Lá você encontrará desde lojas de souvenires até joalherias locais. Além disso, você encontrará cafés e restaurantes perfeitos para passar um tempinho.
  • Upper e Lower Barrakka Gardens: atrações imperdíveis na Ilha de Malta. No Upper Barrakka Garden, localizado no centro da cidade, você poderá deslumbrar vistas incríveis da cidade, inclusive para o Grand Harbour. Já em Lower Garden, localizado mais próximo à costa, você encontrará monumentos históricos e uma vista de tirar o fôlego. Logo baixo dos Jardins, ao meio-dia, você ouvirá disparos de canhões, tradicionais da cidade. Legal, não é mesmo?

Mdina

Se você gosta de história (ou de arquitetura), Mdina não pode faltar em sua lista de passeios pela Ilha de Malta. A cidade remonta os tempos medievais, pois é fortificada com muros altos e um portão de entrada incrível.

Mdina é conhecida como a cidade silenciosa, afinal, conta com somente cerca de 3o0 habitantes, os quais são os únicos que podem entrar na cidade com seus carros.

A cidade histórica fica localizada no centro da Ilha de Malta e respira história. Com certeza vale uma visita!

Clima tropical, do jeito que brasileiro gosta

Tudo sobre Ilha de Malta

Apesar de se encontrar no continente europeu, Malta é um país de clima tropical e imperdível, bem diferente de seus vizinhos, que costumam ter invernos e verões bem característicos.

Em Malta é quase sempre quente e, por isso, sempre dá pra curtir dias bonitos do lado de fora do seu quarto de hotel.

Prefira, entretanto, evitar visitar o país no inverno local, que apesar de não baixar a temperatura além dos 17°C, não vai lhe permitir curtir uma boa praia durante a estadia.

Excelente opção barata de intercâmbio na Europa

Para quem está procurando uma opção mais barata de intercâmbio de inglês, mas não abre mão da Europa como destino principal, Malta pode ser a escolha certa. O motivo?

Seus baixos preços de aluguel, refeições, matrículas e mensalidades de escola, transporte público e até mesmo das baladas – que na grande maioria das vezes você não precisa pagar nada para frequentá-las.

Por isso, para poder fazer um intercâmbio que não vai lhe onerar o bolso, mesmo pagando em Euros, a Ilha de Malta pode ser a escolha certa. Só não se esqueça de conhecer a metodologia para obter o visto de estudos no país.

Estudo e trabalho no país

Recentemente o governo Maltês liberou o trabalho para estudantes que estudem acima de 12 semanas, A notícia não é tão boa para quem quer estudar inglês fora do país mas aproveitar o período para também fazer uma graninha nos horários livres. Malta é um país que não permite o trabalho de estudantes intercambistas que não possuem passaporte europeu. Ou seja, somente europeus – ou descendentes de europeus com passaporte – podem trabalhar legalmente no país. Nem mesmo o visto de estudante permite esse benefício para quem passa uma temporada por lá.

O motivo dessa regra restrita é a preocupação do governo local em priorizar a contratação de malteses para ocupar cargos de trabalho no país, valorizando o desenvolvimento de sua própria população. Por isso, se você não tem passaporte europeu, não crie expectativas quanto à possibilidade de trabalhar em Malta enquanto estuda.

Estude no país dos seus sonhos. Faça um orçamento online e gratuito para o seu intercâmbio:

Fluencypasshttp://fluencypass.com
Conte com a Fluencypass para dar um up na sua fluência, veja informações de Inglês e Intercâmbio, tenha acesso a conteúdos exclusivos e notícias.

Mais sobre o autor