Visto negado: Descubra o que fazer!

Você já teve seu visto negado? Isso acontece com muitas pessoas e é relativamente comum encontrar pessoas que estavam se programando para viajar, compraram suas passagens e tiveram seu visto negado por alguma razão.

Se você teve seu visto negado e não sabe porque, leia o artigo e anote as dicas que vamos dar. Veja a seguir, os cinco motivos mais comuns para isso acontecer e o que fazer e quando decidir retirar o visto novamente. Boa leitura!

Visto negado: Recomendações iniciais

Antes de tudo recomendamos você só efetuar a compra das passagens aéreas depois da confirmação do visto, evitando transtornos com pedido de reembolso, prejuízos financeiros, negociações com as companhias aéreas e frustrações.

Além disso, a melhor opção é esperar alguns meses para fazer o processo novamente, porém, lembre-se que não existe um limite oficial de tempo para isso. Basta fazer tudo de novo, pagar a taxa e agendar uma nova entrevista.

Mas lembre-se que, se você fizer a solicitação de novo em poucos dias, não altere muitas coisas no seu questionário , afinal a comprovação da veracidade das informações é essencial para aprovação do visto.

5 motivos comuns para ter visto negado

Descobrir o motivo de negação do seu visto de viagem é essencial para evitar que os mesmos erros aconteçam novamente. Assim, você pode corrigi-los da próxima vez e viajar tranquilamente.

Caso você não reconheça seu erro em nenhuma das alternativas, entre em contato com o consulado e tire suas dúvidas sobre o problema.

Leia também: Quanto custa um intercâmbio nos EUA de 3 meses?

Desconhecer o processo do visto

Você sabia que cada país define os seus próprios procedimentos para tirar o visto?

Além disso, ocorrem em múltiplas etapas e com a exigência de diferentes documentos. Se o interessado falhar em alguma das etapas do processo o documento pode ser barrado e o visto negado.

Por isso, procure se informar ao máximo sobre todas as particularidades do seu país de destino, seja nos sites oficiais dos países, em vídeos ou artigos da internet. Você também pode pedir dicas sobre a experiência de amigos e familiares que já solicitaram a autorização.

Esquecer um documento

Esse erro pode ser mais comum do que você imagina! Afinal, o processo de solicitação de visto tende a ser bastante burocrático, exigindo a compilação de variados documentos do viajante.

Então, saiba desde já que o esquecimento de algum deles pode acarretar a negativa da tão sonhada permissão para entrar no país da sua viagem ou do seu intercâmbio.

Ainda assim, todos os documentos devem ser levados pelo requerente do visto para a entrevista agendada no consulado. Antes de sair, confira se sua lista está completa e você está na posse de todos eles, ok?!

Solicitar o tipo errado de visto

É preciso ter em mente que um mesmo país oferece diferentes tipos de visto, como os para turista, para negócios, estudantes em intercâmbio, trabalhadores temporários ou até mesmo jornalistas.

Então, durante o processo de solicitação, pesquise qual tipo de documento é o mais adequado para a sua viagem e certifique-se de que você atende a todos os pré-requisitos da categoria do visto.

Ah, vale lembrar que ainda que você atenda às exigências de um tipo de visto, isso não significa que vá atender a outro, então confira duas vezes antes de selecionar a categoria.

Demonstrar insegurança na entrevista

Quem nunca ficou nervoso em uma entrevista?!

Sabemos o quanto o momento da entrevista pode assustar. No entanto, é essencial ficar calmo! Se você estiver a par de todas as exigências, todos os documentos e for honesto nas informações, realmente não há com o que se preocupar.

A postura durante a conversa com os agentes do consulado, faz toda a diferença, afinal demonstrar nervosismo e insegurança pode despertar a suspeita dos entrevistadores, o mesmo vale para o excesso de confiança.

O indicado é manter um tom neutro, educado e honesto, respondendo às perguntas com objetividade e sem pecar na ansiedade.

Não mostrar todo itinerário da viagem

Nem pense em mentir para a embaixada ou consulado!

Durante a entrevista, geralmente os agentes desejam conferir o itinerário completo da sua viagem. Sendo assim, as passagens e/ou reservas de todos os pontos da rota devem ser levados para facilitar a checagem e a aprovação da rota.

Se você sair do Brasil para o Canadá, seguindo posteriormente para os EUA e então México, por exemplo, o itinerário indicado deverá ser Brasil – Canadá – EUA – México – Brasil.

Esse ponto é especialmente importante para quem vai visitar vários países durante a jornada no exterior, não oculte nenhuma rota de viagem.

O que fazer na próxima vez?

Para retornar ao consulado e tentar novamente fazer o visto da viagem, você precisa seguir as dicas e identificar o seu erro para que ele nunca mais se repita. Foque em:

  • Possuir documentos que comprovem tudo o que estiver no questionário do visto;
  • Responder os questionamentos sem ocultar informações;
  • Manter uma postura calma;
  • Garantir que tem os meios financeiros necessários para a viagem.

Anotou todas essas dicas? Certifique-se de que está tudo certo para sua viagem e não terá mais erros!

Converse com especialistas

Nós da Fluencypass estamos preparados para entender todo o seu processo para realização do seu intercâmbio. Você pode entrar em contato com um de nossos especialistas e tirar todas as suas dúvidas e ter ajuda sobre a contratação do seguro saúde internacional.

Aqui na Fluencypass, você consegue entender qual o melhor pacote e destino para que, além de contratar o melhor seguro para você e para que possa ter a melhor experiência possível. Somos a maior plataforma online de intercâmbio da América Latina.

Tudo que você precisa está no nosso site. Em caso de dúvidas, não deixe de entrar em contato com a nossa equipe para esclarecer todas as informações necessárias para sua viagem.

Comentários

Fluencypasshttp://fluencypass.com
Somos uma plataforma online que conecta estudantes e escolas no exterior sem taxa de agência, com suporte e assessoria grátis.

Mais sobre o autor

Comentários