Página Inicial Estudar & Trabalhar Co-op Nova Zelândia: 8 principais perguntas

Co-op Nova Zelândia: 8 principais perguntas

0
188
Co-op Nova Zelândia
O Co-op é uma experiência de estágio em uma empresa de sua área de estudos
Co-op Nova Zelândia
O Co-op é uma experiência de estágio em uma empresa de sua área de estudos

Você já ouviu falar no Co-op na Nova Zelândia? Ela é conhecida como a capital dos esportes radicais, mas também poderíamos chamar de terra das oportunidades. Sim! Você leu certo, são vários os brasileiros que vão para lá seja para aprender inglês, trabalhar ou até mesmo imigrar.

Larissa, do blog Vida Cigana, é um exemplo neste aspecto. A blogueira conta que estava infeliz com a rotina e decidiu mudar de vez. A escolha do país foi pela língua inglesa, a qualidade de vida e as oportunidades de emprego!

A “Família Kiwi” também conta uma história semelhante, mas eles explicam que é preciso ir à Nova Zelândia na conformidade da lei: com visto que permita trabalho, acomodação e dinheiro para se sustentar. Ou seja, recuse propostas de empregos ilegais. 

Pensando nisso, nós da Fluencypass decidimos falar sobre um tipo de programa que permite aos estudantes da graduação trabalhar legalmente na Nova Zelândia e sair com o inglês na ponta da língua.

Então, vem com a gente! Vamos responder as 8 principais perguntas sobre Co-op na Nova Zelândia

1- O que é Co-operative Education?

Antes de tudo, vamos nos atentar ao que é o Co-op, também conhecido como Co-operative Education. Bem, trata-se de um programa disponível nas universidades neozelandesas em que o aluno tem a oportunidade de unir as aulas teóricas e a prática profissional.

É assim, quando você já está mais avançado em seu curso, já tem a base científica e entende como será sua atuação, a universidade disponibiliza um período para que você trabalhe dentro de uma corporação.

Além disso, vale lembrar que há cursos em que o período de co-op na Nova Zelândia é obrigatório e outros em que o estudante escolhe se quer ou não fazer parte deste processo.

2- Em quais áreas posso trabalhar?

Como se trata de um um programa de prática profissional, teoricamente qualquer aluno de qualquer curso pode fazer co-op. Apenas é necessário que haja uma vaga disponível na sua área.

Veja só algumas das áreas que podem aderir a esta prática:

  • Artes 
  • Administração.
  • Marketing.
  • Engenharia Eletrônica.
  • Educação Física.
  • Turismo.

3- Há outras alternativas de Work & Study na Nova Zelândia?

Como disse Larissa, há diversas alternativas para quem quer trabalhar e estudar na Nova Zelândia. A primeira delas é quando a pessoa está em um programa de intercâmbio, pois o governo libera o aluno para trabalhar 20 horas por semana durante as aulas.

Para isso, os estudantes precisam estudar pelo menos 14 semanas e ter cerca de 25 horas de aulas por semana.

Uma segunda alternativa é o Working Holiday Visa, no qual todos os anos são disponibilizadas 300 vagas para brasileiros poderem trabalhar durante um ano na Nova Zelândia.

Como conta o Peterson Fabricio, a oportunidade é para jovens de 18 a 30 anos e não tem muitas restrições quanto à escolaridade. Além disso, os selecionados terão um período para trabalhar e um período de férias pelo país. Parece um sonho, mas é verdade mesmo!

4- Como o Co-op na Nova Zelândia ajuda na minha carreira?

Um ponto a favor do Co-op na Nova Zelândia, é que diferente de outras modalidades, nesse programa é possível se dedicar exclusivamente a sua área. Uma vez que você busca vagas no eixo da sua formação, bora ver outras vantagens?

  • Consegue articular teoria e prática.
  • Facilita sua inserção como um profissional efetivo.
  • Ajuda no networking.
  • Tem a possibilidade de mentoria com profissionais mais experientes.
  • Dá um norte sobre o futuro da sua carreira.
  • Deixa seu inglês afiadíssimo.

E ainda desenvolve as 7 habilidades que podem alavancar sua carreira!

5- Pode me dar exemplos de Instituições com Co-op?

Nesta perspectivas vamos te apresentar a dois exemplos de instituições que têm o co-op nas grades de seus cursos:

Drexel University

Essa universidade está localizada em Wellington, a capital da Nova Zelândia. A Drexel conta que o objetivo de seus programas é aproximar estudantes e empregadores fomentando a formação de cidadãos globais.

Dentro de seus programas, além do vimos anteriormente sobre co-op na Nova Zelândia, a instituição oferece:

  • Auxílio com informações e preenchimento de documentações.
  • Tutoria.
  • Suportes em casos de emergência.
  • Ajuda com networking.
  • Participação em eventos.]

Além disso, as responsabilidades que cada estudante recebe é baseada na sua área de atuação mais as necessidades da organização onde você atuará. Acesse aqui o site deles para entender mais. 

Aut University

Auckland é a cidade em que a Aut University está situada, sendo que sua missão é proporcionar a seus alunos um aprendizado alinhado as necessidades do mundo contemporâneo, entendendo que profissionais multitarefa e com alta adaptabilidade é a chave para uma formação de sucesso.

Assim, as áreas contempladas pela Aut são:

  • Negócios.
  • Design e Tecnologias criativas.
  • Ciências da Saúde e Meio Ambiente.
  • Ciências humanas.

Somado a isso, todos os alunos da instituição podem participar do Foundation Year e ter aulas de inglês.

6- Por quanto tempo posso fazer Co-op na Nova Zelândia?

Quanto ao período de co-op, vai depender muito do curso em que você esteja matriculado. Há alguns em que a duração é de dois anos, em que no primeiro ano o aluno tem disciplinas teóricas e no segundo ano atua, por exemplo,

7- Quais sites posso encontrar vagas?

Essa é uma ótima pergunta! Há sites que ajudam bastante os estudantes internacionais que estão em busca de co-op, exemplo deles são:

  • Indeed: um site de busca de empregos que já é bem conhecido pelos brasileiros.
  • Go Overseas: no portal você encontra vagas de diversos tipos e em várias cidades, inclusive oportunidades de co-op.
  • Seek: tem um formato bem similar ao Indeed. Acesse o site aqui.

8- Preciso falar inglês fluente?

Sim! Precisamos lembrar que o co-op se trata de uma experiência em que você entra na esfera profissional. Portanto, o foco não é totalmente o inglês, ou seja, se você não tiver um nível elevado, pode acabar dificultando o aprendizado de sua rotina de trabalho.

Por isso que recomendamos fortemente que você avance nos estudos de inglês o mais longe possível antes de partir para o co-op na Nova Zelândia.

Aqui na Fluencypass, por exemplo, temos um método totalmente diferenciado em que você tem aulas online e faz conversação com nativos. Além disso, há diversos professores disponíveis para conversas particulares.

Tudo isso com um preço que cabe no seu bolso. Aproveite nossos pacotes promocionais e esteja um passo  mais próximo de ir para a Nova Zelândia.

Comentários

Sem comentários

Deixe uma resposta

Por favor adicione o seu comentário!
Por favor adicione o seu nome aqui